Transferência para São Paulo

 

Em virtude da Pandemia da Covid-19, o Coren-SP adotou todas as medidas preconizadas pelos órgãos oficiais de saúde e do Cofen, para garantir a segurança dos inscritos, evitando aglomerações e também deslocamentos desnecessários até suas unidades.

Dessa forma, para proteção e comodidade dos profissionais de enfermagem, os serviços de inscrição passaram a ser oferecidos online.

“Serviço é destinado aos profissionais que tenham inscrição definitiva ativa na categoria de Enfermeiro(a), Obstetriz, Técnico(a) ou Auxiliar de Enfermagem em outro estado e queiram transferir o registro para o Coren-SP.

Somente podem ser transferidas as inscrições definitivas ativas no Coren de origem.

Em caso de inscrição definitiva cancelada e outro estado deve ser solicitada a reinscrição (clique aqui)

 

SOLICITE A TRANSFERÊNCIA DA INSCRIÇÃO AQUI

 

DOCUMENTOS PARA SOLICITAR O SERVIÇO ONLINE:

“ATENÇÃO:

As imagens dos documentos deverão estar em boa qualidade e em formato PDF ou JPEG.

Não serão aceitos protocolos de solicitação de documentos e protocolos de segunda via de documentos.”

 
  • Certidão de Transferência emitida pelo Coren de origem;

ATENÇÃO: a Certidão deve conter a situação inscricional (ativa), ética, eleitoral e financeira.

  • Diploma (Enfermeiros(as), Obstetrizes e Técnicos(as) de Enfermagem) ou Certificado (Auxiliares de Enfermagem) – com o respectivo selo ou termo do registro da inscrição no Conselho Federal de Enfermagem (Cofen);
  • RG – Registro Geral – documento preferencial para identificação.
    • Na impossibilidade de apresentar o RG (Registro Geral) será analisado documento substitutivo válido (ver data de validade impressa no documento).
    • Documentos substitutivos sujeitos à análise: Carteira Nacional de Habilitação, Passaporte, Carteira de Identidade Militar; Carteira de Identidade de Órgãos de Fiscalização Profissional.

Atenção: Somente serão acatados documentos de identidade em perfeito estado de conservação e que permitam a total identificação do portador (recente).

  • RNE – Registro Nacional de Estrangeiro, para profissionais estrangeiros residentes no Brasil;
  • CPF – Cadastro de Pessoa Física (caso o número não conste no RG);
  • Certidão de Nascimento ou Casamento – com averbação quando houver (de separação, divórcio, óbito, etc.);
    • A apresentação da Certidão é imprescindível nos casos de divergência entre os nomes constantes dos documentos e nos casos em que o documento de identidade não contiver todos os dados pessoais completos (Exemplo: CNH que não contém naturalidade, RG que não contém cidade e estado no campo naturalidade e etc.)
    • Em caso de divergência de nome nos documentos, apresentar TODAS as Certidões com as respectivas averbações das alterações de nome ocorridas ou Certidão de Inteiro Teor emitida pelo Cartório.
  • Comprovante de Endereço – com CEP e data de emissão recente (não é necessário o comprovante estar no nome do profissional);

ATENÇÃO: O endereço do comprovante deve ser o digitado no campo endereço do pedido de inscrição online.

 

  • Taxa do serviço: R$ 230,00 (válida para 2021).
    • O pagamento das taxas será realizado à vista e através de boleto bancário com vencimento para o próximo dia útil
    • O andamento da solicitação ou a emissão da segunda via da taxa do serviço pode ser verificada/emitida na área de acompanhamento de inscrição (clique aqui).  

ATENÇÃO: a análise do pedido iniciará após a compensação da taxa do serviço.

 

  • Prazos
    • Ativação do número de Inscrição no site do Coren-SP: até 05 (cinco) dias úteis do pagamento da taxa do serviço.

 

“Com a ativação do número de inscrição estará disponível no Autoatendimento (clique aqui) a Certidão de Cadastro Certidão de Cadastro, documento hábil e legal para o exercício da profissão até a emissão da carteira”

 

  • Carteira de Identidade Profissional: o solicitante será convocado, em cronograma a ser definido, para apresentar os originais encaminhados online e coletar dados biométricos para emissão da Carteira de Identidade Profissional.
    • Na convocação, o profissional poderá optar por solicitar o envio da carteira via correios mediante pagamento da taxa de envio (AR) R$ 14,05 (valor da taxa administrado pelos Correios).

 

IMPORTANTE:

  • Anuidades:
    • Com a efetivação de transferência da inscrição, as anuidades passarão a ser geradas pelo Coren-SP no ano seguinte ao pedido de transferência. Todas as anuidades geradas anteriormente ao pedido, incluindo a do ano vigente, deverão ser pagas ao Coren de origem.
    • As anuidades que serão geradas não poderão ser canceladas, devido a sua natureza tributária.
    • Somente o cancelamento ou suspensão da inscrição interrompe o lançamento de anuidades e somente após o deferimento do serviço (anuidades anteriores permanecerão devidas).

 

  • Inscrição em mais de uma categoria:
    • O(A) profissional que possui inscrição em outra categoria e quer se inscrever em outra categoria deve solicitar nova inscrição ou nova transferência, mediante pagamento da taxa do serviço.
    • Ao ser concedido o registro na categoria nova a outra categoria se manterá ativa, podendo ser cancelada a pedido pelo(a) profissional.
    • A partir de 2020, os profissionais pagam somente 01(uma) anuidade na quantia da categoria de maior escolaridade (caso tenha inscrição em mais de uma categoria), desde que as inscrições estejam ativas no mesmo Conselho Regional.

 

  • Demais orientações:
    • A aposentadoria não cancela automaticamente a inscrição no Coren-SP sendo necessária a solicitação do serviço de Cancelamento pelo profissional.
    • A solicitação de cancelamento efetuada até 31 de março (em dia útil) isentará o profissional do pagamento da anuidade do ano vigente. Para solicitação de cancelamento efetuada de 1º de abril até 30 de novembro a anuidade será recalculada proporcional aos meses que a inscrição esteve ativa no ano vigente e, caso a anuidade já tenha sido paga, o profissional poderá solicitar a restituição do valor proporcional correspondente aos meses restantes no ano após o cancelamento.
    • A partir do momento que o profissional transferir a inscrição seu voto será obrigatório nas eleições do Coren-SP que ocorrem a cada 3 anos. Caso o profissional não vote e não justifique sua ausência na eleição dentro do prazo estipulado pelo Cofen, estará sujeito à aplicação de multa eleitoral no valor de uma anuidade.
    • A Inscrição Definitiva Principal transferida para o Coren-SP deverá ser mantida ativa enquanto o Profissional tiver seu domicílio profissional no Estado de São Paulo e estiver atuando na categoria. Em caso de mudança de domicílio para outro Estado, deve dirigir-se ao COREN do Estado onde irá atuar e solicitar transferência. Caso queira manter a inscrição ativa no Estado de São Paulo e também exercer a profissão em outro Estado poderá solicitar a Inscrição Secundária no outro Estado.