Segunda Via de Documentos

Em virtude da Pandemia da Covid-19, o Coren-SP adotou todas as medidas preconizadas pelos órgãos oficiais de saúde e do Cofen, para garantir a segurança dos inscritos, evitando aglomerações e também deslocamentos desnecessários até suas unidades. Dessa forma, para proteção e comodidade dos profissionais de enfermagem,  os serviços passaram a ser oferecidos online (aqui).

Os serviços realizados de forma presencial foram estabelecidos com base nas diretrizes do Plano São Paulo, do Governo do Estado, de acordo com a cidade de cada subseção ou Núcleo de Atendimento ao Profissional (Nape) (confira aqui) e deverão ser agendados (aqui) 

(Definitiva / Remida / Especialização / Atendente)

Para requerer a segunda via, o profissional deverá regularizar sua situação financeira e cadastral junto ao Coren-SP.

É IMPRESCINDÍVEL A APRESENTAÇÃO DO ORIGINAL E CÓPIA SIMPLES DE TODOS OS DOCUMENTOS ABAIXO RELACIONADOS:

ATENÇÃO: não serão aceitos protocolos de solicitação de documentos e protocolos de segunda via de documentos.

  1. POR MUDANÇA DE NOME, EXTRAVIO, DESTRUIÇÃO OU INUTILIZAÇÃO
  • Carteira de Identidade Profissional – do Coren-SP, no caso de mudança de nome e no estado que a carteira se encontrar, quando por inutilização, caso disponível;
  • RG – Registro Geral – documento preferencial para identificação.
    • Na impossibilidade de apresentar o RG (Registro Geral) será analisado documento substitutivo válido (ver data de validade impressa no documento).
    • Documentos substitutivos sujeitos à análise: Carteira Nacional de Habilitação, Passaporte, Carteira de Identidade Militar; Carteira de Identidade de Órgãos de Fiscalização Profissional.

ATENÇÃO: Somente serão acatados documentos de identidade em perfeito estado de conservação e que permitam a total identificação do portador.

  • RNE – Registro Nacional de Estrangeiro, para profissionais estrangeiros residentes no Brasil;
  • CPF – Cadastro de Pessoa Física (caso o número não conste no RG);
  • Certidão de Nascimento ou Casamento – com averbação quando houver (de separação, divórcio, óbito, etc.);

ATENÇÃO: A apresentação da Certidão é imprescindível nos casos de divergência entre os nomes constantes dos documentos e nos casos em que o documento de identidade não contiver todos os dados pessoais completos (Exemplo: CNH que não contém naturalidade, RG que não contém cidade e estado no campo naturalidade e etc.)

ATENÇÃO: Em caso de divergência de nome nos documentos, apresentar TODAS as Certidões com as respectivas averbações das alterações de nome ocorridas ou Certidão de Inteiro Teor emitida pelo Cartório.

  • Comprovante de Residência – com CEP e data de emissão recente 1 (um) comprovante emitido no período dos últimos 6 meses e não é necessário o comprovante estar no nome do profissional);
  • Fotografia
    • Sede (Cidade de São Paulo, bairro Bela Vista) e subseções Campinas, Santo André, Guarulhos e Osasco e NAPE Santo Amaro: não é necessário a apresentação de foto (informações clique aqui);
    • Demais unidades: uma foto 3X4 colorida, recente, com fundo branco e sem uso anterior (anotar nome completo no verso). A foto deve estar de acordo com as especificações descritas no site do Coren-SP no menu opção Documentos – Qualidade Fotográfica (clique aqui).
  • O pagamento das taxas será realizado através de boleto bancário a ser pago em agências bancárias, casas lotéricas, caixas eletrônicos ou por net banking (internet).

  • Taxa (para a situação de mudança de nome, extravio, destruição ou inutilização)
    MUDANÇA DE NOME, EXTRAVIO, DESTRUIÇÃO OU INUTILIZAÇÃO

    • Taxa de emissão: R$ 130,00 (válida para 2020).
    • Taxa de Correios (AR) para envio da carteira (opcional): R$ 14,75 (valor da taxa administrado pelos Correios).

O pagamento das taxas será realizado através de boleto bancário a ser pago em agências bancárias, casas lotéricas, caixas eletrônicos ou por net banking (internet)

  • Prazos:
    • Envio da Carteira de Identidade Profissional do Coren-SP pelos Correios (AR): até 30 (trinta) dias da data de solicitação da inscrição.
    • Retirada da Carteira de Identidade Profissional do Coren-SP (caso o profissional não opte pelo envio da carteira pelos Correios): após 30(tinta) dias da data de solicitação da inscrição.

“O Coren-SP disponibiliza, através do site, a emissão da Certidão de Cadastro, documento oficial hábil para fazer prova da inscrição até que a Carteira de Identidade Profissional possa ser retirada ou entregue.”

2. POR ROUBO OU FURTO

  • Boletim de Ocorrência Policial – B.O. – mencionando obrigatoriamente a carteira do COREN;
  • RG – Registro Geral – documento preferencial para identificação.
    • Na impossibilidade de apresentar o RG (Registro Geral) será analisado documento substitutivo válido (ver data de validade impressa no documento).
    • Documentos substitutivos sujeitos à análise: Carteira Nacional de Habilitação, Passaporte, Carteira de Identidade Militar; Carteira de Identidade de Órgãos de Fiscalização Profissional.

ATENÇÃO: Somente serão acatados documentos de identidade em perfeito estado de conservação e que permitam a total identificação do portador.

  • RNE – Registro Nacional de Estrangeiro, para profissionais estrangeiros residentes no Brasil;
  • CPF – Cadastro de Pessoa Física (caso o número não conste no RG);
  • Certidão de Nascimento ou Casamento – com averbação quando houver (de separação, divórcio, óbito, etc.);

ATENÇÃO: A apresentação da Certidão é imprescindível nos casos de divergência entre os nomes constantes dos documentos e nos casos em que o documento de identidade não contiver todos os dados pessoais completos (Exemplo: CNH que não contém naturalidade, RG que não contém cidade e estado no campo naturalidade e etc.)

ATENÇÃO: Em caso de divergência de nome nos documentos, apresentar TODAS as Certidões com as respectivas averbações das alterações de nome ocorridas ou Certidão de Inteiro Teor emitida pelo Cartório.

  • Comprovante de Residência – com CEP e data de emissão recente 1 (um) comprovante emitido no período dos últimos 6 meses e não é necessário o comprovante estar no nome do profissional);
  • Fotografia
    • Sede (Cidade de São Paulo, bairro Bela Vista) e subseções Campinas, Santo André, Guarulhos e Osasco e NAPE Santo Amaro: não é necessário a apresentação de foto (informações clique aqui);
    • Demais unidades: uma foto 3X4 colorida, recente, com fundo branco e sem uso anterior (anotar nome completo no verso). A foto deve estar de acordo com as especificações descritas no site do COREN-SP no menu opção Documentos – Qualidade Fotográfica (clique aqui).
  • O pagamento das taxas será realizado através de boleto bancário a ser pago em agências bancárias, casas lotéricas, caixas eletrônicos ou por net banking (internet).

  • Taxa (para a situação de roubo ou furto)

    • Taxa de emissão: ISENTO (válida para 2020).
    • Taxa de Correios (AR) para envio da carteira (opcional): R$ 13,45 (valor da taxa administrado pelos Correios).

O pagamento das taxas será realizado através de boleto bancário a ser pago em agências bancárias, casas lotéricas, caixas eletrônicos ou por net banking (internet)

  • Prazos:
    • Envio da Carteira de Identidade Profissional do Coren-SP pelos Correios (AR): até 30(tinta) dias da data de solicitação da inscrição.
    • Retirada da Carteira de Identidade Profissional do Coren-SP (caso o profissional não opte pelo envio da carteira pelos Correios): após 30(tinta) dias da data de solicitação da inscrição.

“O Coren-SP disponibiliza, através do site, a emissão da Certidão de Cadastro, documento oficial hábil para fazer prova da inscrição até que a Carteira de Identidade Profissional possa ser retirada ou entregue.”