Fiscalização e projeto Conselheiro Participativo vão ao Hospital Maternidade Frei Galvão, em Guaratinguetá

Nos dias 24 e 25/8 (terça e quarta-feira) o Coren-SP levou o projeto Conselheiro Participativo ao Hospital Maternidade Frei Galvão, em Guaratinguetá.

Os conselheiros Jane Bezerra e Eugênio Dantas representaram a autarquia na atividade, colocando-se à disposição dos profissionais de enfermagem da unidade para esclarecimentos de dúvidas, e ainda fizeram orientações acerca da atuação do conselho, e de temas relacionados à ética e à legislação profissional que regulamentam a enfermagem.

Conselheiros Eugênio Dantas e Jane Bezerra junto aos profissionais da Maternidade Hospital Frei Galvão

Jane e Eugênio foram recepcionados na instituição pela enfermeira Responsável Técnica (RT) Heda Cristina Bilard, com quem conversaram sobre a importância dos profissionais de enfermagem estarem regularizados perante o conselho para o exercício legal da profissão. Também foi destacada a necessidade da renovação obrigatória das Carteiras de Identidade Profissional (CIP) vencidas.

“Além do esclarecimento de dúvidas, alguns profissionais aproveitaram para realizar acordos financeiros, regularizando assim sua situação perante o conselho”, afirmou a conselheira Jane após a atividade.

Já no dia 26/8 (quinta-feira), o Hospital Maternidade Frei Galvão foi inspecionado pelos fiscais da subseção de São José dos Campos do Coren-SP, Regina Sperandeo e Carlos Campos. O conselheiro Edson José da Luz também acompanhou a fiscalização como parte das ações do NAAF – Núcleo de Atividades e Acompanhamento de Fiscalização.

O conselheiro Edson José da Luz com profissionais durante a fiscalização da unidade

Enquanto os fiscais vistoriaram todos os setores da unidade, verificando a documentação da instituição e as questões técnicas relacionadas à assistência de enfermagem prestada no local, o conselheiro Edson conversou com os profissionais e colocou o Coren-SP à disposição para o diálogo e esclarecimento de dúvidas.

Conselheiros Edison Luz junto a profissionais de enfermagem do Hospital Frei Galvão, de Guaratinguetá

“Durante minhas atividades pelo NAAF pude notar que os profissionais de enfermagem de todas as regiões do estado de São Paulo, como a Baixada Santista e o interior, estão ansiosos pela aprovação da PL 2.564/2020, que regulamenta nosso piso salarial em nível nacional”, afirmou o conselheiro Edson.