Segurança do paciente em 10 ações – Coren-SP

Segurança do paciente em 10 ações

Listamos 10 medidas importantes que a Enfermagem deve adotar para garantir a segurança do paciente. Confira!

1. Identificação do paciente.

Erros de identificação podem causar sérias consequências, como equívocos de medicação e procedimentos. Essas situações têm sido evitadas por meio de pulseiras e etiquetas.

2. Higienização das mãos.

Fundamental para prevenir infecções. Deve ser realizada antes e após o contato com o paciente, procedimentos assépticos e após contato com material biológico.

3. Conexões corretas.

A infusão de soluções em vias erradas pode causar até a morte do paciente. Para evitar esse risco, é fundamental ter domínio sobre a função de cada instrumento e higienização dos mesmos.

4. Cirurgia segura.

As listas de verificação (check-lists) asseguram a identificação do paciente, local e tipo da cirurgia, conferência dos materiais e de todos aspectos que envolvem o procedimento.

5. Administração segura de sangue e hemocomponentes.

É importante confirmar a identificação do receptor, aquecer os componentes em equipamentos e temperatura apropriados, avaliar os sinais vitais, entre outras normas dos protocolos da instituição.

6. Envolvimento.

O paciente deve ser estimulado a contribuir para a qualidade dos cuidados, fornecendo informações a respeito de si e interagindo com os profissionais, tornando-se um agente na busca de sua segurança.

7. Comunicação efetiva.

A comunicação é um processo essencial para o entendimento das pessoas, por isso, transmita informações em ambiente tranquilo e esclareça as dúvidas dos outros profissionais.

8. Prevenção de queda.

A avaliação dos riscos de queda permite a sua prevenção. Para isso, identifique com pulseira de alerta os pacientes que apresentam risco e oriente-os sobre suas condutas e formas de evitar acidentes.

9. Prevenção de úlcera por pressão.

A avaliação dos riscos que cada paciente apresenta pode orientar estratégias de prevenção, como proteger da umidade e ressecamento e utilizar dispositivos de elevação e rolamento para transporte.

10. Segurança na utilização da tecnologia.

Para utilizar a tecnologia de maneira apropriada, é fundamental consultar o manual do fabricante do equipamento, simular o seu funcionamento e verificar as condições de manutenção.