Processo de Enfermagem é discutido no São Camilo de Itapetininga – Coren-SP

Processo de Enfermagem é discutido no São Camilo de Itapetininga

A importância e a aplicabilidade do Processo de Enfermagem (PE) foram abordadas pela professora e conselheira Consuelo Garcia Corrêa, terça-feira (23/8), durante palestra no Hospital São Camilo de Itapetininga.

A conselheira Consuelo Garcia Corrêa durante palestra em Itapetininga

Consuelo lembrou que a sistematização auxilia o profissional a realizar o PE e distinguir o que é preconizado do que é possível aplicar, dentro da realidade de cada instituição. “A SAE (Sistematização da Assistência de Enfermagem) é uma tecnologia de processo. O objetivo é proporcionar aos enfermeiros o desenvolvimento do trabalho, sustentado por modelos de cuidado”, explicou.

A conselheira fez questão de frisar que o processo deve ser baseado no paciente e não na doença. “É preciso pensar nas pessoas e no quanto aquela alteração patológica está influenciando aquela pessoa, especificamente”, detalhou.

Os profissionais do Hospital São Camilo de Itapetininga com a conselheira Consuelo Garcia (ao centro)

O Registro de Enfermagem também foi destacado pela conselheira como sendo de extrema importância. “Registrar significa quantificar. Se não há registros, não há indicadores e não há como mostrar para a direção a necessidade de aumento da equipe, por exemplo”, defendeu.