"Situações de violência devem deixar de fazer parte do cotidiano dos profissionais", afirma Fabíola Mattozinho – Coren-SP

"Situações de violência devem deixar de fazer parte do cotidiano dos profissionais", afirma Fabíola Mattozinho

Fabíola de Campos Braga Mattozinho, presidente do Coren-SP, está debatendo a violência cometida contra os profissionais de Enfermagem em diversos eventos.

No último sábado (20), a presidente palestrou durante a mesa redonda “Violência a Profissionais de Saúde e Pacientes” durante o 8º Congresso de Bioética de Ribeirão Preto, realizado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP), em parceria com o Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp).

Na ocasião, Fabíola destacou dados de instituições como a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e Organização Mundial da Saúde (OMS), que desde os anos 2000 já consideram como epidemia a violência contra profissionais da saúde. “O conselho vem desenvolvendo uma parceria junto com o Cremesp para evitar que essas situações de violência deixem de fazer parte do cotidiano dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de Enfermagem e médicos”, destacou.

Fabíola apresentou também reportagens e dados da pesquisa realizada junto aos profissionais de Enfermagem sobre a violência no ambiente de trabalho, fazendo também referência à campanha Violência Não Resolve.

Participantes da mesa redonda “Violência: Profissionais da Saúde e Pacientes”: Reynaldo Ayer de Oliveira (coordenador de Bioética do Cremesp), Isac Jorge Filho (membro da Câmara de Bioética do Cremesp e idealizador da carta de Ribeirão Preto contra a violência), Fabíola de Campos Braga Mattozinho, Edson Umeda (Câmara de Bioética do Cremesp) e Angelo Mário Sarti (coordenador da mesa)

 

Mesa redonda “Violência: Profissionais da Saúde e Pacientes”: Edson Umeda, Fabíola de Campos Braga Mattozinho, Reynaldo Ayer de Oliveira, Isac Jorge Filho e Angelo Mário Sarti 

 

Fabíola de Campos Braga Mattozinho realiza palestra “Violência contra Enfermagem”

 

Mesa de abertura do evento: Marco Aurélio Guimarães (FMRP-USP), José Marques Filho (coordenador da Câmara de Bioética do Cremesp), Rosemeire Carvalho (conselheira e representante do Coren-SP), Eduardo Luiz Bin (conselheiro do Cremesp), Lavínio Nilton Camarim (vice-presidente do Cremesp), José Humberto Belmino Chaves (doutor em Bioética)

 

Saiba maisPresidente do Coren-SP fala sobre Violência no Trabalho no HU-USP