Sepse: Importância do enfermeiro na detecção e no tratamento é destacada pelo Coren-SP na abertura do XIV Fórum do ILAS – Coren-SP

Sepse: Importância do enfermeiro na detecção e no tratamento é destacada pelo Coren-SP na abertura do XIV Fórum do ILAS

O Coren-SP participou da mesa de abertura do XIV Fórum de Sepse, promovido pelo ILAS (Instituto Latinoamericano de Sepse) no Centro de Convenções Frei Caneca, na capital. Considerado o maior evento sobre Sepse do Brasil, o fórum deste ano foi realizado nos dias 4 e 5 de maio e contou com conferências, debates e mesas temáticas com grandes especialistas em terapia intensiva do Brasil, além de convidados internacionais.


O primeiro-secretário do Coren-SP, Marcus Vinicius de Lima Oliveira representou a autarquia na solenidade de abertura do evento

O primeiro-secretário do Coren-SP, Marcus Vinicius de Lima Oliveira representou a autarquia no evento. Ele lembrou o público da importância da enfermagem na detecção e no tratamento da Sepse: “A Sistematização da Assistência de Enfermagem é uma ferramenta que tem importância fundamental na detecção precoce e no tratamento da Sepse. O profissional de enfermagem tem um papel de grande importância dentro da equipe multidisciplinar”, colocou.


Evento contou com um público qualificado, formado por profissionais de saúde dispostos a aprimorar seus conhecimentos sobre sepse

Além da atuação dos profissionais da categoria no tratamento da doença, Marcus também destacou o trabalho que o Coren-SP desenvolve na qualificação de enfermeiros para detectarem corretamente a Sepse. “Temos o projeto Qualifica Sepse, em parceria com o ILAS. Já qualificamos mais de 5 mil profissionais em todo o Estado. O Coren-SP tem um papel fiscalizatório do exercício profissional, mas é  importante lembrarmos que nosso código de ética também prevê a necessidade de qualificação constante”, explicou.

Manual

O Coren-SP, em parceria com o ILAS, atualizou recentemente o guia “Sepse: um problema de saúde pública”. A publicação orienta sobre o tratamento precoce, a implantação de protocolos assistenciais e o papel da enfermagem nos diagnósticos e intervenções e pode ser baixado gratuitamente.

Sepse

Conhecida como infecção generalizada, a Sepse não é a infecção que está em todos os locais do organismo. Por vezes, ela pode estar em apenas um órgão, como, por exemplo, no pulmão, mas provoca em todo o organismo uma resposta com inflamação numa tentativa de combater o agente da infecção. Essa inflamação pode vir a comprometer o funcionamento de vários dos órgãos do paciente e levá-lo a óbito.