Seminário sobre EaD em Enfermagem tem participação do Coren-SP – Coren-SP

Seminário sobre EaD em Enfermagem tem participação do Coren-SP

O vice-presidente do Coren-SP, Mauro Antônio Pires Dias da Silva, e a conselheira Maria Cristina Massarollo participam, nesta quinta-feira (7), em Brasília, do I Seminário sobre Ensino Técnico e de Graduação a Distância em Enfermagem. Promovido pelo Cofen, o encontro ocorre no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil.

A conselheira Maria Cristina Massarollo e o vice-presidente do Coren-SP, Mauro Dias da Silva, no I Seminário sobre EaD

Com a presença de parlamentares, acadêmicos, gestores e profissionais de Enfermagem, o seminário propõe reflexões sobre a crise de formação da categoria e busca apoio maciço ao Projeto de Lei 2891/2015, que exige carga horária presencial mínima de 80% nos cursos que formam enfermeiros e técnicos de Enfermagem.

“Ao discutir a formação em Enfermagem por EaD estamos discutindo uma questão muito maior que é a qualidade da assistência prestada ao povo brasileiro”, afirmou o presidente do Cofen, Manoel Neri, ressaltando que a crise atinge também o ensino presencial. 

O vice-presidente do Coren-SP, Mauro Dias da Silva, entre o conselheiro federal Luciano da Silva e a conselheira Maria Cristina Massarollo 

O vice-presidente do Coren-SP diz que o avanço do EaD é uma consequência da massificação do ensino no país, que se preocupou mais com a garantia de acesso do que com a formação em si. “Para formar um profissional de Enfermagem competente, que supra as demandas de saúde de forma ampla e com qualidade, o ensino deve ser presencial”, defende.