Segurança do Paciente é tema de palestra em São José dos Campos – Coren-SP

Segurança do Paciente é tema de palestra em São José dos Campos

Como temos trabalhado a questão da Segurança do Paciente? Como está a nossa comunicação? Será que ela é efetiva? Estas e outras questões foram levantadas pela conselheira e professora Renata Pietro, terça-feira (19), durante palestra no Hospital Policlin 9 de Julho, em São José dos Campos.

A conselheira e professora Renata Pietro falou sobre Segurança do Paciente

Renata lembrou que o tema ganhou relevância somente na década de 1990, após a divulgação do relatório do Institute of Medicine (IOM) “Errar é humano”. O levantamento apontou que cerca de 100 mil pessoas morreram, ao ano, em hospitais, nos Estados Unidos, vítimas de eventos adversos e que 50% poderiam ter sido prevenidas.

A palestra reuniu profissionais de Enfermagem e de outras áreas da assistência à saúde

Ao falar sobre o aumento da complexidade do cuidado em saúde, a conselheira revelou que os alarmes gerenciados pela Enfermagem saltaram de 241, em 2001, para 2.200, em 2010, e que os avanços científicos tornaram o cuidado potencialmente perigoso.“A chance de cometer erros é grande então precisamos criar mecanismos para que isso não aconteça”, destacou.

A conselheira Renata Pietro ao lado do gerente de Enfermagem Nelson Thiago e de profissionais do Hospital Policlin 9 de Julho

A prescrição eletrônica, a dupla checagem e da Teoria do Queijo Suiço foram apontadas por Renata como alternativas para a redução de riscos e danos, além do envolvimento dos profissionais na questão de segurança do paciente. “O foco da segurança do paciente tem que estar no sistema e não nas pessoas. É preciso avaliar as ameaças, analisar a raiz do problema para criar processos e estabelecer barreiras”, recomendou.