Secretaria Estadual inicia campanha para vacinar 10,7 milhões contra a gripe – Coren-SP

Secretaria Estadual inicia campanha para vacinar 10,7 milhões contra a gripe

Começou nesta segunda-feira (23/4) a campanha de 2018 da Secretaria de Estado da Saúde de vacinação contra a gripe. O governo estadual pretende vacinar um total de 10,7 milhões de pessoas. A vacina é produzida pelo Instituto Butantan.

Considerando todo o território paulista, a meta é vacinar mais de 4,3 milhões de idosos, ou seja, pessoas com 60 anos ou mais; cerca de 2,4 milhões de pessoas com comorbidades, como asma, diabetes, imunodeprimidos e outros; aproximadamente 2,3 milhões de crianças com idade a partir de seis meses e até cinco anos; 1,2 milhão de profissionais de saúde; 423 mil gestantes e 70 mil puérperas (com até 45 dias após o parto), entre outros.

A enfermeira Janiquele Ferreira, conselheira do Coren-SP, esclarece sobre a importância da vacinação do profissional de saúde: “É extremamente importante estarmos imunizados para nos proteger e proteger também a população que entra em contato conosco. Dessa forma evitamos que se tenha uma pandemia ou epidemia de gripe”, diz.

A conselheira também destaca que a enfermagem tem um papel educativo e participativo na campanha. “A enfermagem trabalha conscientizando a população sobre a importância da imunização, além de trabalhar na vacinação em si”, explica.

As ações serão desenvolvidas em cerca de 6,5 mil postos de vacinação em todo o Estado, com a mobilização de mais de 36 mil profissionais.

De acordo com a diretriz do Ministério da Saúde, responsável por encaminhar as doses da vacina para todo o país, a campanha de vacinação contra gripe em 2018 ocorrerá por etapas (confira cronograma abaixo). A primeira começa no dia 23, voltada a idosos com 60 anos ou mais, profissionais de saúde e população indígena.

A partir de 2 de maio, serão vacinados na segunda etapa as crianças na faixa etária a partir  de seis meses e menores de cinco anos de idade, gestantes e puérperas com até 45 dias após o parto.

No dia 9 de maio, a vacinação se estende para professores e pacientes com doenças crônicas, como asma, diabetes, doenças imunossupressoras e outras.

A campanha ainda conta com o “Dia D” de vacinação, em 12 de maio, quando os postos de saúde funcionarão no sábado, das 8h às 17h.

Segundo recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde), a vacina de 2018 irá prevenir a população alvo contra o vírus Influenza dos tipos A (H1N1), A (H3N2) e B.

 

Etapas da campanha de 2018

Etapa 1: a partir do dia 23 de abril, para trabalhadores de saúde, pessoas com idade de 60 anos e indígenas;

Etapa 2: a partir de 2 de maio, para crianças com idade maior que 9 meses e menor que 5 anos, gestantes, puérperas com até 45 dias após o parto;

Etapa 3: a partir de 9 de maio, para pacientes diagnosticados com doenças crônicas, professores, e outros;         

Dia D: dia 12 de maio, para todos os grupos do público-alvo.