Protagonismo da Enfermagem é destacado em evento em Santos – Coren-SP

Protagonismo da Enfermagem é destacado em evento em Santos

Os avanços conquistados pela Enfermagem nos últimos 90 anos e as perspectivas para o futuro foram discutidos na noite de terça-feira (17), no Teatro Coliseu, na abertura da Semana de Enfermagem do Coren-SP, em Santos.

A presidente da autarquia, Fabíola de Campos Braga Mattozinho, falou da importância da categoria conhecer a própria história para avançar ainda mais. “Temos que resgatar o passado para compreendermos o presente e projetarmos o futuro dentro das nossas expectativas. Somos protagonistas da nossa história”, ressaltou.


A presidente do Coren-SP falou da importância da categoria conhecer a própria história

Entre as conquistas recentes, Fabíola destacou a publicação, em fevereiro, pela Agência Nacional de Saúde (ANS), da Resolução 398, que tornou obrigatório o credenciamento de enfermeiros obstétricos e obstetrizes pelos planos de Saúde Suplementar. Lembrou, ainda, da parceria do Conselho com o Projeto Parto Adequado, iniciativa desenvolvida pela ANS, Hospital Albert Einstein e Institute for Healthcare Improvement (IHI), visando maior participação dos enfermeiros e obstetrizes no contexto do parto normal.


O Teatro Coliseu ficou lotado na abertura da Semana da Enfermagem, em Santos

“Temos que entender que fazemos a diferença na vida das pessoas e em todo o ciclo vital. Se queremos ser valorizados, temos que ter orgulho da nossa profissão, saber que somos importantes na assistência à saúde desse país”, enfatizou.

O secretário de Saúde de Santos, Marcos Calvo, disse que mais de 1200 profissionais de Enfermagem atuam nas unidades municipais de saúde e representam mais de um terço da força de trabalho da secretaria. “É indiscutível o papel da Enfermagem no processo de atenção à saúde. Temos, hoje, 17 categorias na saúde, e ao analisarmos o papel de cada profissional vemos que a Enfermagem é que passa mais tempo ao lado do paciente. Isso precisa ser valorizado”, pontuou.


O secretário de Saúde de Santos, Marcos Calvo, ressaltou a importância da Enfermagem na rede municipal

Após a abertura solene, que contou com participação da Camerata da Unisantos, o vice-presidente do Coren-SP, Mauro Antônio Pires Dias da Silva, realizou conferência sobre a “Construção Histórica e Política da Enfermagem”, sob mediação da professora Márcia Fernandes Melzer.


O vice-presidente do Coren-SP, Mauro Dias da Silva, falou sobre os desafios da categoria

Mauro citou o filósofo Epicuro ao falar da importância de tirar prazer do trabalho. “Quando se faz algo com prazer não se vê o tempo passar. Temos que transformar as nossas práticas em ações prazerosas”, recomendou.

Ao esmiuçar a história da Enfermagem, Dias da Silva lembrou que a Enfermagem é formada por profissionais de diferentes classes sociais, com diferentes atribuições e responsabilidades. “Essa divisão técnica do trabalho fragmenta a categoria, gerando uma luta interna. São muitas variações que provocam conflitos. O grande desafio é fazer com que todos tenham a mesma visão da profissão”, ponderou.

A Semana de Enfermagem do Coren-SP em Santos prossegue nesta quarta-feira (18), com extensa programação e troca de experiências