Presidente do Coren-SP incentiva profissionais de Guarulhos a se mobilizarem pelos direitos da categoria – Coren-SP

Presidente do Coren-SP incentiva profissionais de Guarulhos a se mobilizarem pelos direitos da categoria

Profissionais e estudantes de Enfermagem lotaram o auditório da Universidade de Guarulhos, terça-feira (17), durante evento da Semana de Enfermagem 2016, promovido pelo Coren-SP.  Na ocasião, a presidente Fabíola de Campos Braga Mattozinho realizou palestra sobre ‘A Construção Histórica e Política da Enfermagem.

A presidente Fabíola de Campos Braga Mattozinho durante abertura do evento em Guarulhos

A necessidade de união e mobilização da categoria na busca por seus direitos foi destacada pela presidente Fabíola.  “Somos a profissão do futuro e por que estamos invisíveis? Temos que sair dessa ótica de vulnerabilidade e nos mobilizar, ir à luta por salários e condições mais dignas”.


O público lotou o auditório da UnG durante a Semana de Enfermagem do Coren-SP

Para transformar essa perspectiva, Fabíola disse ser fundamental enxergar a Enfermagem de diferentes pontos de vista. “Devemos  participar constantemente de todas as questões, abordando o viés socioeconômico, sociopolítico e sociocultural da nossa profissão, repensando as escolhas dos nossos representantes para que tenhamos pessoas realmente comprometidas com a categoria”, frisou.


A presidente Fabíola Mattozinho com a comissão organizadora do evento e participantes, em Guarulhos

O vice-prefeito e secretário de Saúde de Guarulhos, Carlos Derman, lembrou que a Prefeitura é a maior empregadora da mão de obra da Enfermagem. “Quem carrega o piano, conduz a atenção e o trabalho feito pela Secretaria de Saúde no dia a dia são os profissionais de Enfermagem”, reconheceu.


O vice-prefeito e secretário de Saúde de Guarulhos, Carlos Derman, no evento na UnG

O chefe técnico da subseção de Guarulhos, Osvaldo Bagli D’Andrea, também destacou a necessidade de representação. “Temos uma força tremenda, mas a categoria precisa de alguém para levar suas demandas adiante”, avaliou.

O conselheiro Paulo Cobellis considerou emocionante a grande participação e mobilização dos profissionais de Guarulhos. “Estamos de fato reescrevendo a história do Coren-SP e da Enfermagem paulista”, comemorou


O conselheiro Paulo Cobellis  agradeceu o envolvimento dos profissionais no evento em Guarulhos

Luta  Antimanicomial

A Semana de Enfermagem de Guarulhos teve um momento dedicado à exposição da luta do movimento antimanicomial. A coordenadora do curso de Enfermagem da Universidade de Guarulhos,  Maria de Belém Cavalcante, explicou que a iniciativa surgiu em 1987, em Bauru, a partir da indignação dos profissionais em relação ao tipo de assistência prestada aos pacientes de transtornos mentais.  “Nosso objetivo é garantir a qualificação dos profissionais da área de saúde mental e dos hospitais gerais para atender melhor esses pacientes e permitir cada vez mais autonomia e participação nas decisões sobre tratamento e destino”, explica.

A coordenadora do curso de Enfermagem da Universidade de Guarulhos,  Maria de Belém Cavalcante

Construção Histórica e Política

A presidente do Coren-SP, Fabíola de Campos Braga Mattozinho, fomentou durante palestra a reflexão dos presentes sobre a formação e a condução da história da Enfermagem, a partir do resgate de ícones que valorizaram a atuação da categoria, como as enfermeiras Florence Nightingale e Ana Néri, responsáveis pelo reconhecimento da ciência na profissão.


A presidente Fabíola Mattozinho (ao centro) entre o conselheiro Paulo Cobellis; o chefe-técnico da subseção de Guarulhos, Osvaldo Bagli D’Andrea;  a conselheira Vera Lúcia Francisco e a professora Maria de Belém Cavalcante, diretora de Enfermagem da Universidade de Guarulhos (UnG)

Ela também apresentou os principais marcos da trajetória da categoria, como a formatura da primeira turma de Enfermagem no Brasil, a constituição da Associação de Enfermeiras Diplomadas, no Rio de Janeiro, que se tornou a ABEn, e os marcos legais que regulamentam o exercício da Enfermagem. “Evoluímos e hoje temos nossos direitos. Não podemos mais deixar de saber e ter consciência deles. Os profissionais de Enfermagem, por exemplo, podem prescrever medicamentos na atenção primária, mediante protocolos. Portando, podemos fazer procedimento de maior complexidade com maestria”, destacou.


Roger Koeppl, idealizador da cooperativa de catadores de material reciclável You Green

O evento foi finalizado com a palestra motivacional de Roger Werner, idealizador da cooperativa de catadores de material reciclável You Green.