Coren-SP propõe à Câmara Municipal que profissionais de enfermagem sejam liberados do rodízio de veículos – Coren-SP

Coren-SP propõe à Câmara Municipal que profissionais de enfermagem sejam liberados do rodízio de veículos

 

A presidente do Coren-SP, Renata Pietro, e o vice-presidente Cláudio Silveira, receberam na manhã desta terça-feira (3/7), o vereador de São Paulo Gilberto Natalini. O parlamentar trouxe uma boa notícia: acolheu o pedido dos representantes do Conselho de elaborar um Projeto de Lei que libere os profissionais de enfermagem que atuam nas áreas de urgência, emergência, prontos-socorros e UTIs do rodízio de veículos na capital.

Caso aprovada, a medida impede que haja qualquer restrição quanto à circulação de veículo de propriedade desses trabalhadores, quando utilizado para atividade profissional. A proposta foi uma iniciativa da atual gestão do Coren-SP, demonstrando seu compromisso em garantir melhores condições de trabalho aos profissionais e uma assistência cada vez mais segura e de qualidade à população. “A atuação em urgência, emergência, terapia intensiva e prontos-socorros exige que os profissionais estejam prontamente disponíveis para atender intercorrências e garantir o acesso de pacientes graves à assistência ininterrupta. Em muitos casos, essas pessoas não têm previsão de início ou término do expediente e, portanto, não conseguem se programar para cumprir o rodízio”, avalia a presidente Renata Pietro.

Em seu PL 344/2018, o vereador Natalini expõe que os hospitais se configuram como ambientes possivelmente estressantes, dada suas características peculiares e que os profissionais de enfermagem, por estarem inseridos neste contexto, merecem atenção especial.