Coren-SP participa do I Simpósio Internacional de Enfermagem Forense – Coren-SP

Coren-SP participa do I Simpósio Internacional de Enfermagem Forense

O Coren-SP participou  do I Simpósio Internacional de Enfermagem Forense, realizado no Auditório Paulo Kobayashi, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) na manhã desta segunda-feira (13/3).


Mesa de abertura do I Simpósio Internacional de Enfermagem Forense

O evento marcou o pré-lançamento da Sociedade Brasileira de Enfermagem Forense (Sobef), que terá como objetivo fomentar esta especialidade dentro do panorama da enfermagem no Brasil.  A mesa de abertura do simpósio teve a participação da presidente do Coren-SP, Fabíola Campos. Ela avalia que a criação da Sobef representa mais um passo importante para o  empoderamento da categoria. “A união, participação organização  da enfermagem vai fazer com que tenhamos mais visibilidade social”, disse. 


Membros e diretoria da Sobef ao lado de convidados

A presidente também destacou a necessidade de maior envolvimento dos profissionais de enfermagem na política. “Precisamos levar adiante a voz de nossa categoria nas esferas de representação, como câmaras municipais, assembleias legislativas e congresso nacional. Portanto, é importante termos um maior quantitativo de profissionais na política se quisermos mudar a realidade da nossa profissão”, esclareceu. 

Além de Fabíola, participaram da mesa de abertura a deputada estadual Clélia Gomes (PHS); a presidente da Sobef, Carmela Alencar; e a presidente do Coren-PE, Marcleide Correia e Sá Cavalcanti; a presidente da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn), Rosa Maria Godoy, e a presidente da ABEn-SP, Ana Lygia Pires Melaragno. 

Integram a gestão da Sobef os conselheiros do Coren-SP, Rosângela de Mello e Marcel Willan Lobato. 

O I Simpósio Internacional de Enfermagem Forense contou com uma vasta programação científica. A enfermeira Karen Beatriz Silva, que atua nos Estados Unidos e também é membro da Sobef, foi a convidada internacional e falou sobre o tema “Enfermagem forense na perspectiva internacional”. 

Outros temas relevantes integraram a programação do evento, como  “Comissão de direitos humanos, bioética, filosofia e legislação”, com participação da conselheira Rosângela de Mello; e a enfermagem forense em seus diversos campos de atuação como a assistência na infância e adolescência, na saúde do adulto e idoso,  na saúde coletiva, e   em psiquiatria, psicologia e saúde mental.