Coren-SP participa da Conferência Nacional de Ética na Enfermagem – Coren-SP

Coren-SP participa da Conferência Nacional de Ética na Enfermagem

O Coren-SP está participando ativamente do processo de reformulação do Código de Ética dos Profissionais  Enfermagem (CEE).A  presidente Fabíola Campos, o vice-presidente Mauro Antônio Pires, entre outros conselheiros e profissionais do Estado participaram da 1ª Conferência Nacional de Ética na Enfermagem (CONEENF), nesta quarta-feira (7), em Brasília.

Representantes do Estado de São Paulo durante a Coneenf

Para a elaboração do novo código de ética, foi composto um grupo de trabalho integrado por profissionais de vários Estados. O vice-presidente do Coren-SP, Mauro Antônio Pires, integra essa comissão nacional e participou das reuniões realizadas pelo Cofen.  Para garantir uma participação efetiva dos profissionais de enfermagem no processo de reformulação, o Coren-SP lançou um formulário online para o registro de propostas e realizou oficinas em todas as regiões do Estado, do interior ao litoral. “A mobilização e união da categoria são fundamentais para transformarmos a nossa realidade e a participação na reformulação do código de ética é uma forma de empoderamento”, afirma Fabíola Campos.

As contribuições foram avaliadas e incorporadas a uma minuta, que está sendo discutida na Coneenf.  Após aprovada, será submetida à apreciação e deliberação em reunião do plenário do Cofen, sendo encaminhada, então, para publicação na imprensa oficial para que possa entrar em vigência.

Fabíola Campos (centro) com conselheiros e profissionais que integram a comitiva paulista 

Além da presidente Fabíola Campos e do vice-presidente Mauro Antônio Pires, estão representando o Estado de São Paulo como delegados o técnico de enfermagem José Aparecido Ferreira, as enfermeiras Josiane Monteiro de Moura, Raquel Rodrigues Machado, Rosana Passarelli, Ana Correa, Flavia Cristina Santos, Tania Aparecida Cancian Masella, Rita de Cassia Vivian, Marinês de Souza Ribeiro, Elaine Correa da Silva, o enfermeiro Marcelo Jose dos Santos, os conselheiros Paulo Cobellis e Maria Cristina Massarollo, a Chefe Técnica da subseção de São José do Rio Preto, Ligiani Meirelles, e a fiscal de Ribeirão Preto, Gilza Nascimento. Entre eles estão integrantes da Comissão Estadual para a reformulação do CEPE e profissionais  selecionados a partir de critérios como participação nas oficinas, análise das justificativas, adimplência no sistema e ausência de condenação em processo ético.