Coren-SP cria Grupo de Trabalho (GT) para discutir a enfermagem na Atenção Domiciliar – Coren-SP

Coren-SP cria Grupo de Trabalho (GT) para discutir a enfermagem na Atenção Domiciliar

Um novo Grupo de Trabalho (GT) vinculado às Câmaras Técnicas do Coren-SP iniciou suas atividades na tarde desta quarta-feira (12/7). Trata-se do GT de Atenção Domiciliar em Enfermagem. “O modelo de Grupos de Trabalho que utilizamos tem sido tão bem sucedido que este já é o nosso 13º. Além disso, a demanda por um GT de Atenção Domiciliar vinha sendo muito alta”, explicou o vice-presidente da autarquia, Mauro Antônio Pires Dias da Silva durante a reunião inaugural do grupo.


Conselheiros do Coren-SP e profissionais de enfermagem membros do novo GT de Atenção Domiciliar em Enfermagem

A conselheira Marcília Gonçalves, coordenadora das Câmaras Técnicas do Coren-SP, também falou às profissionais de enfermagem que compõem o grupo. “Vocês tem um desafio. As decisões que tomarem aqui refletirão nas vidas de quase 500 mil profissionais registrados no nosso Conselho”, frisou.

O Grupo de Trabalho será o responsável por elaborar propostas e ações de aprimoramento do atendimento de enfermagem em atenção domiciliar no estado de São Paulo e de apoio aos profissionais que atuam na área, por meio de debates sobre o tema e elaboração de materiais.

Os componentes do novo GT são: Luiza Watanabe Dal Ben (coordenadora), pesquisadora, empresária da área da atenção domiciliar e membro da Rede Brasileira de Segurança do Paciente (REBRAESNP); Emilia Chayamiti, coordenadora do serviço de atenção domiciliar da Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto; Maria Carolina Salles de Andrade, enfermeira Responsável Técnica (RT) na área de atenção domiciliar na iniciativa privada em Santos ; Soraia Rizzo, enfermeira da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo e Simone Tereza Salatino Salles, enfermeira na área de atenção domiciliar da iniciativa privada em São Paulo.